7 PRINCIPAIS ERROS QUE UMA ACADEMIA COMETE EM MARKETING DIGITAL

E como pode evitá-los para conquistar mais clientes e mais vendas para o seu negócio

Não é exclusividade uma academia cometer erros em marketing digital, afinal todos nós estamos sujeitos a isso basta que entremos em campo para o jogo.

Porém eu quero te fazer uma pergunta? Você tem um site? Tem uma página de vendas? Tem uma ferramenta de automação de marketing?

Sabe quais são as principais palavras chave do mercado? O que as pessoas estão buscando dentro do segmento em que o seu negócio está?

E a última pergunta… Você acha que o Facebook é a internet? Pelo amor de DEUS, pense bem antes de dar essa resposta!

Só para contextualizar li um artigo no Olhar Digital, que falava sobre uma pesquisa feita pela Quartz e divulgada como parte do relatório da Mozilla (aquele navegador da raposa).

Segundo esse artigo, a pesquisa da Quartz pedia que as pessoas respondessem a seguinte questão: “Você concorda com a afirmação seguinte: o Facebook é a internet?”.

O Brasil foi um dos países nos quais a taxa de respostas positivas foi maior: 55% dos brasileiros concordaram com a afirmação.

Na Nigéria, na Indonésia e na Índia, as porcentagens de pessoas que concordaram foram 65%, 63% e 58%, respectivamente. Nos EUA, o índice foi de apenas 5%.

Entendeu o porquê da minha pergunta? Espero sinceramente que você não seja um desses, mas isso é assunto para outro artigo.

Nesse aqui nós vamos falar sobre os 7 erros que uma academia comete em marketing digital.

Vou até fazer uma observação, você pode substituir academia, por salão de beleza, clínica de estética, clínica veterinária, imobiliária, dentista e por aí vai.

Esses erros não são exclusivos a um segmento ou porte de empresa, os erros que vou te mostrar aqui são cometidos por empresas de todos segmentos e de todos os tamanhos.

Falando sobre 7 erros que uma academia comete em marketing digital

#1 Não possui um site e se possui um site ele é…

Website

– Desatualizado.
– Não é otimizado para o Google (mecanismos de busca)
– Design pobre.

Os sites de academias e comércios locais (geralmente) são desatualizados, e quando não são desatualizados, não são otimizados para o Google.

Para traduzir essa última parte, significa que se o Google, que é responsável por 95% das buscas no Brasil, nem sabe que seu site existe.

Muito provavelmente as pessoas também não vão saber, exceto os que já são clientes, amigos próximos e parentes.

Mas novos clientes? Esses não fazem ideia, de que você tem site. Percebe o quanto isso é perigoso para o seu negócio?

Leia  14 DICAS PARA AUMENTAR AS VENDAS

Samuel Ribeiro Consultoria em Marketing DigitalUm outro fator importante também é o design, muitas vezes pensando em “economizar” no desenvolvimento do site, acabam fazendo um site com design pobre, um layout difícil de navegar e muitas vezes não responsivo.

Responsivo, significa adaptável aos dispositivos móveis como tablets e smartphones.

A melhor solução, aqui acredito que seja investir de forma responsável.

Perceba que não estou dizendo para meter a mão no bolso e desembolsar dezenas de milhares de reais.

E sim que é preciso investir melhor na imagem que você está transmitindo para as pessoas que chegarem até o seu site.

Quando um empresário  tem recursos e não sabe usá-los adequadamente, acaba cometendo erros que poderiam ser facilmente evitados.

Conheço o caso de uma empresa que investiu dezenas de milhares de reais para um site que ao receber tinha algumas “falhas técnicas” desnecessárias e que poderiam prejudicar a marca da empresa.

#2 Não possui um blog e quando possui…

Blog

– Não produz conteúdo próprio.
– Quando produz conteúdo, geralmente ele é fraco.
– Não tem uma linha editorial que ajude a construir “autoridade”, ou seja, não educa seus futuros e atuais clientes.
– O conteúdo não é otimizado para os mecanismos de busca e nem para uma oferta.

Avançando um pouco o nível, quando a academia tem um site, dificilmente ela tem um blog, e se tem o conteúdo não é autoral (conteúdo próprio).

E quando o conteúdo é próprio, é um conteúdo fraco, sem um objetivo definido, algumas raras exceções consegue atrair visitas e gerar leads (contatos).

#3 Usam as redes sociais para se “relacionar” com os clientes

Redes Sociais

– Muitas vezes ficam tirando dúvidas por Inbox no Facebook, mas geralmente isso não progride para venda de um serviço.

– Usam geralmente o Facebook como fim e não como um meio para fazer as pessoas virem até a empresa.

Aqui está um pecado mortal dos empresários em geral, usar as redes sociais de forma exclusiva, depositando todo o seu empenho.

Samuel Ribeiro Consultor de Marketing DigitalÉ justamente aí onde mora o perigo! Essa é uma das razões para o resultado daquela pesquisa que eu mencionei no começo do artigo.

Muitos empresários usam o Facebook como um fim não como um meio.

Deixa eu te explicar melhor….

O Facebook tem que te servir como um canal de comunicação, relacionamento (até aqui você já sabe), mas também de atração e vendas!

E onde você quer que essas vendas aconteçam? Na sua academia? E como você pretende “motivar” as pessoas entrarem em contato com você?

E se a sua página sair do ar por qualquer motivo? (Acredite isso pode acontecer).

É por isso que eu mesmo já disse várias vezes aqui mesmo no blog, o Facebook é uma casa alugada, onde o espaço não é seu, ou seja, não é você que manda.

Por isso a importância de você ter um site e um blog para a sua academia, espero que eu tenha sido claro.

#4 Não possuem páginas de vendas exclusivas para seus serviços

Página de vendas

– Geralmente são descrições “simples” dos serviços sem chamadas para ação efetivas

Quando você entra no site de uma empresa, em geral você vê uma página de serviços, no entanto essa página de serviços não está focada em converter as pessoas que passam por ali.

Converter? É isso mesmo converter!

E converter em que você (talvez você me pergunte), converter em leads (contatos) é isso que praticamente todo o negócio precisa e acredito que sua academia também, ou não?

O ideal seria ter uma página de vendas para plano da academia, com:

– Uma descrição detalhada

– Uma oferta

– Depoimentos de clientes

– Uma chamada para ação

Quero fazer uma pausa aqui, e te falar uma coisa.

Eu sei que alguns termos podem soar complexos e um tanto confusos e pode te levar a crer que talvez você precise se aprofundar ainda mais em marketing digital.

Quero te fazer um convite para conhecer a minha consultoria em vendas online, uma consultoria exclusiva.

Em que eu pessoalmente faço a análise, diagnóstico do seu negócio, traço um plano e coloco em prática para você.

Se você está cansado de ver conteúdos e não sabe por onde começar essa pode ser uma ótima alternativa para você.

Ok? Então vamos em frente!

#5 Fazem anúncios para ganhar “visibilidade”

Análise de dados

– Seja no Google Adwords ou no Facebook Ads, cada vez mais empresários fazem anúncios desnecessários.

– Geralmente as páginas de destino são a home do site que embora algumas (raras vezes) tenham dados para que as pessoas entrem em contato.

– Não possui uma chamada forte para ação e também peca no acompanhamento do resultado para o anúncio

– Muitas vezes ele tem um pequeno resultado e se dá por satisfeito, mas uma vez otimizado o processo, os resultados são bem melhores.

Muitos empresários tem um pensamento de mídia tradicional, em que eles acreditam que precisam ser vistos para serem lembrados.

Essa máxima é verdadeira, porém na internet a comunicação tende a ser mais assertiva.

Muitos empresários querem fazer anúncios seja no Google Adwords ou Facebook Ads por exemplo e direcionar as pessoas que virem do anúncio para home do site.

Isso faz com o que o custo de aquisição e vendas acabe ficando muito maior, claro que isso não é perceptível no primeiro momento.

Principalmente para aquele empresário que nunca investiu em nenhum tipo de anúncios na internet, ou aquele que está apenas começando.

Mas não demora muito, até ele começar a perceber a concorrência que vai aumentando, e a dificuldade de aparecer com o seu anúncio também.

“O importante em marketing digital é converter desconhecidos em visitantes, visitantes em leads e leads em vendas.”

#6 Desconhecem a utilidade de uma ferramenta de automação de marketing

Automação de marketing

Apesar de muitas academias, assim como diversas outras empresas utilizarem CRM, elas desconhecem a utilização de uma ferramenta de automação de marketing.

A ferramenta de automação de marketing é fundamental para construção de um funil de vendas, e não apenas para disparo de emails.

Geralmente esse tipo de confusão acontece porque algumas ferramentas de CRM também oferecem esse tipo de serviço.

As ferramentas de automação de marketing como RD Station e Lead Lovers, oferecem uma gama mais completa e mais alinhada às estratégias de marketing digital.

#7 Falta de objetivos claros

Derrubando café sobre o planejamento

A verdade é que o marketing digital é um quebra cabeça, e se você não sabe enxergar esse quebra cabeça montado antes mesmo de começar, fica difícil conseguir alcançar qualquer resultado.

Alice no país das maravilhas
“Se você não sabe onde quer chegar qualquer lugar serve” – Lewis Carroll (autor do livro Alice no país das maravilhas).

Não adianta também estipular vendas que nunca foram alcançadas antes pela empresa, ou comparar o número de vendas com outros canais que você já está acostumado a investir.

Entenda que isso é algo que é novo para você, e trace uma meta que seja alcançável dentro da sua realidade e possibilidade.

Quando conseguir alcançá-la, você vai precisar de um pensamento ainda mais estratégico para saber onde e como investir mais recursos, e melhorar seus resultados.

Já vi empresários dobrarem suas metas e investimentos em anúncios e venderem bem menos do que a metade da meta anterior e com menos recursos.

CONCLUSÃO

Então para você evitar esses erros que uma academia comete em marketing digital, você precisa:

– Ter um site atualizado, otimizado para os mecanismos de busca e com um design amigável para o visitante que acessar o seu site.

– Ter um blog com um conteúdo próprio, de qualidade e com chamadas claras para ação para suas páginas de vendas.

– Ter ao menos uma página de vendas do seu produto/serviço principal, detalhando o funcionamento dele, as vantagens, benefícios, a oferta, se possível incluir depoimentos e por fim a chamada para ação.

Seja essa chamada um cadastro de email, telefone ou uma ligação que você gostaria que a essa pessoa faça.

– Manter o foco na conversão!

Quantos visitantes aquele anúncio está trazendo?

Quantos visitantes estão indo até a sua página de vendas?

Quantos estão se tornando contato?

Quantas vendas estão saindo desses contatos?

Esqueça a visibilidade o foco é na conversão!

– Contratar uma ferramenta de automação de marketing, veja a que melhor se adequa ao seu orçamento e que também atende às suas necessidades.

– Estabelecer metas claras, objetivas e alcançáveis ao seu orçamento e aumentar aos poucos essa meta.

Vou fazer um convite novamente a você, se você chegou até aqui e acha que não consegue colocar todos esses passos em prática sozinho.

Conheça minha consultoria em vendas online, uma consultoria exclusiva e personalizada para o seu negócio.

Leia  MARKETING DIGITAL PARA LEIGOS [PODCAST]

Ao clicar no link você será direcionado para uma aplicação, com algumas perguntas referentes ao seu negócio.

Em seguida, dentro de até 48 horas úteis entrarei em contato com você para lhe dar de graça um plano exclusivo e personalizado para o seu negócio.

Você terá duas escolhas, pegar esse plano e tentar colocá-lo em prática sozinho ou me contratar para fazer isso para você.

Um forte abraço e até a próxima! 😉

 

7 PRINCIPAIS ERROS QUE UMA ACADEMIA COMETE EM MARKETING DIGITAL
5 (100%) 8 votes