AFILIADOS BRASIL 2016

[ANOTAÇÕES E COMENTÁRIOS DAS MELHORES PALESTRAS]

Nos dias 19, 20 e 21 de Maio no centro de convenções Rebouças aconteceu a 7ª Edição do Afiliados Brasil 2016, essa foi a 4ª Edição em São Paulo. Esse é o maior evento para o mercado de afiliados da América Latina, ao todo foram mais de 50 palestras.

Ao longo desse post vou compartilhar as anotações das melhores palestras do afiliados Brasil 2016, é verdade que nem todas as palestras me agradaram, mas isso não diminuiu a experiência que tive.

Essa foi a primeira vez que fui ao evento e tinha boas expectativas sobre alguns palestrantes e seus temas já outros nem tanto. Ao longo dos três dias eu assisti cerca 15 palestras, porém vou mencionar as melhores na minha opinião.

Porque verdade seja dita, alguns dos palestrantes que subiram ao palco, apesar de terem um certo “nome” no mercado tiveram uma performance muito aquém das minhas expectativas.

Isso foi algo que algumas das pessoas que conversei também sentiram, muitos (como eu) foram ao evento com o objetivo de aprender novas técnicas e métodos para implementar em seus negócios e se depararam com palestrantes falando de “conceitos” e “motivação”.

Não vou citar nomes, mas fica a dica para a galera, quero aprender sobre processos, métodos e técnicas práticas e não sobre filosofia ou positividade, mas vamos ao que interessa.

A palestra de abertura…

FLAVIO RAIMUNDO – O JAPÃO FEUDAL E O MERCADO DE AFILIADOS, O CONCEITO NINJA

Flavio Raimundo

A palestra de abertura do Afiliados Brasil 2016 foi do Flávio Raimundo, há um tempo atrás eu o acompanhava pelo durante Facebook confesso que muitas dos posts que eu vi não me agradaram e acabei deixando de segui-lo.

Por conta disso não tinha grandes expectativas sobre a sua sobre a palestra, em que o tema era o japão feudal e o mercado de afiliados. Para minha incrível surpresa essa foi (de longe) uma das melhores palestras do evento, simplesmente superou todas as minhas expectativas.

Em sua apresentação Flávio falou sobre os ninjas que viveram nesse período feudal no Japão. Dizendo que um ponto interessante sobre o Ninja é de que utilizava métodos não ortodoxos, pois ele trabalhava com quem lhe pagasse mais.

Os afiliados ninjas agem da mesma forma, muitos olham as comissões e os prêmios que o produtor oferece, não estão ligando quem é o dono do produto com tanto que pague bem.

Uma das principais características do Ninja é de se camuflar passar despercebido por entre seus inimigos. Continuou dizendo que é uma semelhança muito grande com muitos afiliados que agem da mesma forma aqui no Brasil.

Muitos deles sequer aparecem em fotos eventos, cruzeiros, master minds e etc…

“Afiliados ninjas não ficam postando fotos lugares paradisíacos ou com seu seus mentores, gurus e muito menos de masterminds que participam.“

Muitas das vezes e na grande maioria delas são eles que conquistam diversos prêmios oferecidos como incentivo pelos produtores e na maioria das vezes as pessoas não fazem a menor idéia de quem são esses afiliados.

Uma habilidade fantástica que o Ninja tinha era de manusear 23 armas diferentes.

Trazendo para o mercado, os afiliados ninjas muitas vezes compram tráfego de diversas fontes, não apenas de fontes mais conhecidas como Facebook e Google AdWords por exemplo.

Um outro tipo de guerreiro muito conhecido que viveu nessa época O Samurai. Diferente do Ninja ele possuía Códigos de Conduta, como honra, glória e fidelidade, pois seguia Sempre às ordens de um Shogun (mestre).

Comparando com o mercado, muitos afiliados hoje possuem uma série de filosofias e ideologias que muitas vezes são discursos repetidos de quem eles seguem.

Não há certo ou errado cada um escolhe a melhor maneira ou a maneira que mais se identifica para conquistar seus resultados, mas é importante lembrar o que vem acontecendo ultimamente no mercado de afiliados.

A filosofia propagadas por esses gurus seguem os mesmos ritos de teologia religiosas.

E aí no final da palestra ele citou um texto e em que em sua mensagem teríamos que completar uma palavra que se assentava no texto para identificarmos o objetivo daquela mensagem.

Foi aí que vivi meu primeiro momento de frustração no evento, pois percebi que a palavra que faltava para completar o texto era religião.

Naquele momento me faltou coragem e iniciativa para ir até o microfone e sugerir uma resposta, pois todos que foram até lá erraram e assim perdi oportunidade de ganhar um dos livros que ele daria para quem desse a resposta certa.

A resposta que deu foi igreja, todos citaram masterminds ou mentoria, mas a resposta seria igreja ou religião, não foi dessa vez. Fiquei quase sem fôlego mas ficou a lição.

A segunda palestra foi a do Carlos Ramos e o tema da sua palestra foi matrizes de campanha na prática.

CARLOS RAMOS – MATRIZ DE CAMPANHA NA PRÁTICA

Carlos RamosApesar da em sua palestra não ter sido das melhores, o conteúdo que o Carlos Ramos passou foi de muito valor (e isso é o que realmente importa).

Leia  COMO ESTÁ A SUA PRESENÇA DIGITAL?

Ele ensinou um sistema de matriz de anúncio para o Facebook usado pela Digital Marketer, chamado de matriz de campanha, veja como funciona no quadro abaixo.

GANCHOS

AVATARS

A

B C

D

1) Ter / Sentir
2) Cotidiano
3) Status
4) Prova social / Resultados
5) Velocidade e automação

Na palestra ele mencionou que é normal ter mais de uma persona para o seu negócio e que a Digital Marketer recomenda 4 personas, mas que cada um tem a liberdade de identificar o número de personas que achar mais interessante para o seu negócio.

COMO IDENTIFICAR O AVATAR PARA OFERTA – GANCHOS

Criando ganchos, segundo Carlos Ramos existem 5 tipo de ganchos.

Ter/Sentir

Cotidiano

Status

Prova social / Resultados

Velocidade e automação

Depois de identificar os ganchos para cada avatar, você deverá usar imagens que transmitam a mensagem da sua “copy”.

Caso não tenha habilidade para desenvolver imagens para isso poderá terceirizar, no entanto será notavelmente mais fácil fazer isso uma vez que você tem muito bem definido o perfil e mensagem para a pessoa que você quer atingir.

COMO ESCALAR?

Para escalar você colocará um conjunto de anúncio (ganchos) dentro de cada campanha (avatars), dentro do conjunto de anúncio, os que não performarem bem, você pausa a campanha e passa dar mais atenção aos que melhor performarem.

Você pode conhecer mais sobre o trabalho do Carlos através desse link.

LÉO CABRAL – 6 PASSOS PARA CAMPANHAS DE ADWORDS ALTAMENTE LUCRATIVAS COMO AFILIADO

Léo CabralUma palestra que eu tinha grande expetativa era a do Léo Cabral, tive a oportunidade de assistir um webinário em que ele falou sobre SEO e gostei muito, além do tema da sua palestra também ser bastante atraente.

Infelizmente eu peguei a palestra da metade para o final e fiz poucas anotações, mas sua performance como palestrante não me surpreendeu (foi excelente) já que o Léo, além de profissional de marketing digital também da aulas sobre o tema.

Das anotações que fiz cabe você se atentar a esses pontos para não cometer erros ao usar o Adwords para anunciar infoprodutos.

  • Fazer uma conta diferente para cada produto que for promover
  • Nunca misture rede de pesquisa com rede de display
  • Setar todos os recursos (nunca deixar as opções padrão do Google)
  • Idiomas – use o português e inglês, muitas pessoas no Brasil usam seus dispositivos em inglês.
  • Comece com R$ 1 no CPC
  • Orçamento comece entre R$ 50 e R$ 100 e vá aumentando entorno de 20% para mais ou para menos.
  • Separe os grupos – que estão buscando a marca do produto, o problema que produto resolve ou a solução que o produto entrega.

CORRESPONDÊNCIA –  AMPLA, FRASE E EXATA

  • Teste 3 anúncios por vez
  • 100 cliques ou 1.000 views
  • Pause o anúncio com o CTR menor de 1%

Sei que lendo essa etapa talvez fique um pouco vago o conteúdo aqui descrito, mas para poder te ajudar a esclarecer melhor esses pontos, vou fazer uma sugestão.

Caso você tenha o interesse ou objetivo de aprender como criar campanhas no Google Adwords, sem ter que investir um valor absurdo em um curso vou lhe fazer um convite.

O Léo Cabral lançou recentemente um curso de Adwords para afiliados produtores e apesar de não ter feito (ainda) esse curso, mas conhecendo o profissional que ele é eu vou recomendá-lo a você.

O valor do curso é de R$ 697, porém o Léo está lançando com um valor promocional de R$ 497, mas eu não sei até quando ele irá manter isso (talvez quando você estiver lendo esse post o valor já tenha voltado para o original).

Portanto se você está insatisfeito com seus resultados no Facebook ou quer ampliar seus investimentos em anúncios usando Google Adwords, veja a apresentação do Léo Cabral sobre o curso.

ÍCARO DE CARVALHO – MARKETING DE PERSONALIDADE, POLÊMICA E GUERRILHA

Ícaro de CarvalhoUma das palestras que eu tinha grande expectativa do conteúdo era a do Ícaro de Carvalho, apesar de ter uma opinião controversa a essa declaração é inegável que ele compartilha de um conhecimento e um conteúdo que vale a pena ser acompanhado.

Porém infelizmente essa foi outra palestra que não consegui assistir inteira, pois estava saindo de uma que havia atrasado anteriormente.

O tema da palestra do Ícaro foi sobre Marketing de personalidade, polêmica e guerrilha.

E pegando o gancho sobre o que ele falou foi justamente da falta de autenticidade de pessoas que estão surgindo no marketing usando não apenas temas de blogs iguais (como eu uso no meu inclusive).

Mas abordagens, jargões, palavras, anúncios e imagens também iguais, esquecendo da importância de se diferenciar para poder atrair um público e criar a sua própria audiência com uma comunicação única… A sua comunicação.

Houveram outras abordagens mais específicas e profundas, mas que vou fazer uma análise mais profunda, assim que for liberado o acesso aos vídeos do evento, essa é uma das palestras que vale a pena rever desde o começo.

Uma outra palestra que prometia muito (e entregou mais do que eu esperava) era a palestra do Rafael Rez.

RAFAEL REZ – ESSE É O MERCADO QUE QUEREMOS?

Rafael Rez“Cada um tem o guru que merce.” – Rafael Rez

“A maioria dos cursos online não vale um livro de R$ 50” – Rafael Rez

Foi assim que começou a sua palestra, pior do que quem entrega um algo fantasioso é quem se permite deixar levar não só por essa, mas também por outras falsas promessas, do ganhe dinheiro dormindo e etc.

Em um país com mais de 20 milhões de analfabetos funcionais a maioria das pessoas que ensinam a ganhar dinheiro online, nunca ganharam dinheiro algum.

Essa é a lei de Gerson em ação, mas vender esperança é lucrativo e Leandro Karnal fala bem sobre isso no vídeo abaixo.

Não existe meia honestidade, segundo o filósofo Sérgio Cortella a ética está baseada em três pontos.

  1. Posso?
  2. Devo?
  3. Quero?

“Acho que todo mundo deveria ser rico e famoso para entender que essa não é a resposta.” – Jim Carrey

Depois de uma chacoalhada dessas você só pode parar e pensar onde o mercado está errando e para onde estamos indo e pensar se esse é o caminho que queremos seguir.

A palestra do Rez, para mim foi a melhor de todas.

O Rafael possui um curso fantástico junto com o Alex Moraes, chama-se Conteúdo de Resultados.

LUCIANO LARROSSA – FACEBOOK ADS: 10 ESTRATÉGIAS PARA AFILIADOS VENDEREM MAIS PRODUTOS

Uma das palestras que teve um excelente conteúdo e performance na apresentação sem dúvida foi a do Luciano Larrosa, autor do curso Facebook para Negócios.

Luciano LarrossaE as principais anotações que fiz da palestra dele foram.

  • A “inteligência” do Facebook só começa a ser aplicada após 20 conversões, espere pelo menos 48 horas.
  • Use menos texto e mais imagens, apesar de em alguns casos o inverso ter bons resultados na grande maioria essa permanece sendo uma ótima alternativa (mesmo por que o Facebook ainda não liberou completamente a possibilidade de inserir mais texto em anúncios).
  • Use vídeos em seus anúncios, o ano de 2015 foi o ano dos vídeos e a pergunta é por que você ainda não está usando vídeos?
  • Use sinônimos, muitos afiliados sofrem com as restrições que o Facebook faz, uma alternativa é trabalhar com sinônimos da palavra para tentar se esquivar disso, mas uma página de venda “mal feita” compromete todo esse trabalho.
  • Use a extensão WOT, a extensão WOT mostra se o site é confiável ou não.
  • Crie um conjunto de anúncios para cada dispositivo: Feed – Mobile – Insta
  • Quando o público for pequeno, não use conversões, use cliques no site. – Entrega para mais pessoas e não aumenta o custo.
  • Use a extensão URL Builder, para configurar as suas URLs.

O Luciano também tem um curso Facebook para negócios, que tem como objetivo ajudar tanto profissionais da área como afiliados e produtores a alavancarem seus negócios mais rapidamente.

Esse é um dos cursos mais completos do mercado, eu fiz a aquisição dele recentemente e em breve farei um review sobre, vale a pena dar uma olhada na apresentação e ver se atende as suas necessidades.

No terceiro e último dia tiveram três palestras que me chamaram muito a atenção a primeira delas foi da Daniela Viek falando sobre personal branding.

DANIELA VIEK – PORQUE NEM SÓ DE ‘GURU’ VIVE O MERCADO

Daniela ViekEm sua palestra Daniela Viek falou sobre a importância de ter construir um “personal branding” ou uma marca pessoal ao promover não só infoprodutos, mas também ao falar de produtos e serviços próprios.

Particularmente não só o tema da palestra me chamou a atenção, mas a performance de sua apresentação foi algo excepcional, não só pela a apresentação, mas pelo o conteúdo que foi entregue também.

Que através dele instigou a mim e aos demais presentes na platéia a refletir sobre o significado, promessas e o storytelling apresentado no mercado de afiliados.

E isso não é construído da noite para o dia como sugerem em alguns cursos online oferecidos por aí. É preciso ter consistência, coerência e clareza na mensagem que está transmitindo.

Passando por quatro etapas.

  1. Me conheça
  2. Goste de mim
  3. Confie em mim
  4. Compre de mim

Através disso são estabelecidas 9 métricas em que sua ordem de importância pode variar de acordo com a necessidade de cada empreendedor.

  1. Renda – Qual a renda é objetivada?
  2. Contatos – Funil, conversões e canais
  3. Melhoria de trabalho – Carreira / Destaque
  4. Melhoria de qualidade de vida – Tempo
  5. Exposição na mídia / Citações
  6. Recomendações / Depoimentos
  7. LinkedIn SSI (MP/Networking/Conteúdo/Rede)
  8. Klout (Influência online)
  9. Eventos (ObjetivosxResultados)

Você pode conhecer mais sobre o trabalho da Daniela Viek acessando o seu site, danielaviek.com.br.

CAMILO COUTINHO – COMO PENSAR EM CONTEÚDOS RELEVANTES PARA CRIAR VÍDEOS ENGAJADORES

Camilo CoutinhoA palestra do Camilo Coutinho, foi a única do evento focada em vídeos e sua performance foi tão única quanto a sua personalidade.

No ano passado fiz um curso de gestão em marketing digital pela ComSchool e alguns dos módulos foram com o Camilo, ele realmente é uma figura e tanto.

O conteúdo de sua palestra se destacou não só por ele falar sobre vídeos, mas como você usar estratégias para criá-los.

Ao falar sobre os vídeos tem pessoas que dizem que os vídeos são o futuro… Não! Fazer vídeo é o presente, o futuro é a imersão.

E tão importante quanto fazer vídeos é fazer bons vídeos, portanto não seja pato.

[Imagem de um pato]

E por que pato? Não nada direito, não voa direito, não bota ovo direito… Acho que você já ouviu essa história…

O que é preciso fazer?

PLANEJAMENTO – CHECK LIST

  1. Defina o público – Para quem isso é importante?
  2. Defina o nicho – Com qual mercado irei falar?
  3. Defina a linguagem – Como me expressar?
  4. Defina o conteúdo – O que eles querem aprender?
  5. Defina o posicionamento – Como eu quero ser visto?
  6. Crie o canal – Por que ele deve existir?
  7. Crie um piloto – Quais serão os 4 primeiros programas?
  8. Pulverize o vídeo – Multiformatos de vídeo? Ex: Facebook, Vimeo…
  9. Seja consistente – Planeje

E QUAL O CAMINHO A SEGUIR?

  • Onde está a sua audiência?
  • Qual a sua estratégia?
  • Qual o seu objetivo?
  • No que o seu produto é muito bom?

APÓS A ESCOLHA DO PRODUTO PARA PROMOVER

  1. Definição: O que é?
  2. Instrução: Como funciona?
  3. Preço: Tudo o que é entregue.
  4. Valor: O que vai além do preço?
  5. Localização: Onde / como comprar?
  6. Comparação: É melhor que…
  7. Utilização: Depoimento do usuário
  8. Resultados: Números para conquistar.
  9. Oportunidade: Tem certeza que vai ficar de fora?

Na palestra o Camilo ainda sugeriu um modelo de roteiro:

  • Abertura + Boas vindas
  • Vinheta
  • Apresentação
  • Conteúdo
  • Conclusão
  • Chamada mais conteúdo

Ou assim…

  • Tema do vídeo
  • Personalidade do vídeo (vinheta)
  • Regra dos primeiros 10 segundos
  • Exposição do tema
  • Preparação para o clímax
  • Clímax de entrega
  • Verbalizar o CTA

Segundo Camilo, não existe um tempo ideal para os vídeos, mas pode definir o tempo deles por objetivos.

Vídeos curtos: Atração/Chamada

Vídeos médios: Divulgação/Explicação

Vídeos longos: Workshops/Palestras – Proximidade

Um dos pontos importantes que o Camilo mencionou é você procurar por nichos do tipo “como fazer” mencionando que uma pesquisa recente do Google sobre o aumento de buscas de vídeos com esse termo.

Leia  COMO USAR O MARKETING DIGITAL PARA O MEU NEGÓCIO FÍSICO?

Outro ponto é não olhar para o número de views, pois isso não significa “audiência” e nem pode representar resultados, mostrou um vídeo que está no Youtube de uma manteiga que foi filmada até ficar completamente derretida.

Esse vídeo possui MILHÕES de views, então como mensurar?

MENSURAÇÃO

Comentários: 0.5% dos seus views são comentários. Ex: A cada 1000 views 5 comentários.

Likes: 4% dos seus views são likes. Ex: A cada 1000 views 40 likes.

Inscritos: 5% dos seus views se inscrevem no canal. Ex: A cada 1000 views, uma média de 50 inscritos por vídeo.

Views: 13% dos seus inscritos são views. Ex: A cada 1000 inscritos, uma média de 13 views por vídeo.

OTIMIZANDO OS VÍDEOS

Escolha uma palavra chave e suba o seu vídeo com ela o mais a esquerda possível.

Procure incluir na descrição nas 3 primeiras linhas.

Não esqueça do roda pé social [inclua todas as redes sociais que você está presente]

Não se esqueça que é possível incluir 5 mil caractéres na caixa de descrição e isso é mais uma oportunidade de colocar a sua palavra chave.

Legendas – por que não colocar legendas em outros idiomas ou até mesmo em português?

Thumbnail – poucas pessoas se atentam para o Thumbnail que é a “capa” do vídeo. A qualidade do Thumbnail é 45% responsável pelos cliques dos usuários.

E como fazer um bom Thumbnail?

Pegue a sua melhor image do vídeo

De um close no seu rosto

Use letras backgrond (tipo porta dos fundos, parafernalha e etc)

Trabalhe bem as cores que irá escolher

USE OS TRÊS E’s

Eyes (Olhos)

Emotion (Emoção)

Excitiment (Empolgação)

Use o end card, muitos trailers de filmes ao final usam cards com chamada para outros trailers, use o end card ao seu favor.

Por fim Camilo, falou sobre três formas de fazer vídeos.

  1. Você se apresentando
  2. Screencast (só a tela do desktop)
  3. Animação

E ainda apresentou uma ferramenta utilizada recentemente pela Fox, em um episódio que eles fizeram ao vivo. As pessoas ligavam para o homer e ele atendia o telefone tudo isso em animação, incrível não é? A ferramenta chama-e Adobe Creator.

Camilo assim como alguns dos palestrantes também tem um curso com o nome de conteúdo para vídeos e você pode saber um pouco mais.

FECHANDO O EVENTO… PAULO FAUSTINO SOBRE COMPRA DE TRÁFEGO

Paulo FaustinoPara falar de Paulo Faustino tenho que dizer que ele foi responsável por ter me mostrado que era possível ganhar dinheiro através da internet, já em 2008!

Desde então, sempre que pude eu acompanhei o seu trabalho como afiliado no Escola Dinheiro (que não existe mais), muito antes de existir plataformas de infoprodutos no Brasil.

Encerrando o evento do Afiliados Brasil 2016,  em sua palestra ele compartilhou um pouco da sua experiência compra de tráfego.

  1. Artigos Patrocinados
    Buscar blogs semelhantes e/ou relevantes para o seu nicho mercado, entrar em contato e negociar um valor de um post, é uma boa alternativa de divulgação.
  2. Pop Unders
    Fazer pesquisa através do Similar Web ou Similar Tag (melhor custo benefício), para analisar por onde seu público alvo navega.
    Verificar a possibilidade de fazer um publi editorial nesses sites/blogs.
  3. Mídia Display (Ex: Google Display)
    A menos recomendada, em 1998 o número de pessoas que clicavam em banners de propaganda era algo entre 97% e 98% em média, hoje a média é menor que 1% segundo Paulo.
  4. Mobile Ads
    Fazer anúncios específicos para o Mobile é algo que poucos prestam a atenção, porém o custo é muito baixo e performance (conversão) é bem alta.
    Uma outra dica ainda falando sobre Mobile Ads que o Paulo deu foi criar um app que fizesse link para o seu sistema de automação, isso diminui e muito as chances de bloqueio de conta, algo que nunca aconteceu com ele fazendo dessa forma, segundo ele.
  5. Ad Networks
    É uma das formas que apesar de citada em sua palestra, ele sugere não aderir, pois o custo é alto e a performance é muito ruim.
  6. Face Ads
    Usar artigos como isca e aproveitar-se das imagens de boa qualidade para chamar a atenção.
  7. Vídeo Ads (Facebook e Youtube)
    Simplesmente faça!
  8. Bing Ads
    No geral atrai um bom tráfego com custo baixo e tem menos barreiras sobre políticas de divulgação.

MINHAS CONSIDERAÇÕES FINAIS SOBRE O AFILIADOS BRASIL 2016

Afiliados Brasil 2016 - Foto de encerramento

O evento em si e sua proposta é fantástica e eu só posso me lamentar por não ter ido nas outras edições e anseio por participar das próximas.

Apesar de eu estar meio enferrujado nessa parte, o networking é também um dos diferenciais do evento, além da oportunidade de conhecer pessoalmente, gente que você só vê pelas fotos do Facebook ou nos vídeos do Youtube, corre-se o risco de parcerias negócios e só isso já vale o ingresso do evento.

Quero parabenizar o Paulo, Flavio e o Rafael e dizer que o evento acabou, mas continuo acompanhando vocês, pois são boas referências no mercado.

E você foi no evento? O que achou? Comente aqui abaixo e compartilhe com a gente a sua experiência no Afiliados Brasil 2016.

  • Jacqueline Dutra

    Não cheguei a ir ao Evento Afiliados Brasil 2016, mas só de ler o seu artigo, eu senti como se estivesse ido e com uma vontade tremenda de ir ao próximo rs. Excelente suas conteúdo com as dicas dos “mestres” =)

    • Samuel Ribeiro

      Muito obrigado a intenção foi essa! 🙂

  • Muito bom! Gostei das anotações e de também conhecido você no evento. Abração!

    • Samuel Ribeiro

      Felipe o prazer foi meu! 🙂